Quarta-feira, 9 de Dezembro de 2009
Desenho Metodológico

Aqui está a minha proposta de desenho metodológico composta pelo modelo análise, cronograma e identificação dos participantes e instrumentos de recolha de dados. Dado o detalhe dos dados apresentados, desta vez optei por não fazer uma apresentação mais elaborada.


Desenho Metodologico Rui Oliveira





Sexta-feira, 27 de Novembro de 2009
Actividade Seminário (27 Nov.) - Respostas Bruno Caseiro









De que forma enquadras a tua investigação no actual paradigma da Web social?


A minha investigação enquadra-se logicamente no paradigma da Web social porque vou estudar a promoção e investigação de conteúdos de uma empresa nas várias redes sociais.


De que forma a tua investigação poderá contribuir para alterações de atitudes e comportamentos?


 Visto que é uma área ainda recente, com poucos casos de investigação, principalmente a nível nacional, todo o trabalho que vou desenvolver será uma mais-valia para uma mudança de estratégia na promoção das empresas, aproveitando a expansão das redes sociais.


A tua investigação centra-se numa lógica de valorização do indivíduo ou de uma organização?


Sendo o meu projecto desenvolvido num contexto empresarial, deverá naturalmente centrar-se na valorização de uma organização.


A tua investigação explora uma lógica entusiasta ou uma lógica crítica?


Como o meu projecto irá ter uma forte vertente exploratória no sentido em que ainda não há uma forma consensual de explorar os media sociais na valorização da promoção das empresas, penso que o mais adequado será adoptar uma lógica entusiasta.


De que forma a tua investigação actua na inter-dependência tecnologia-sociedade?


Resumindo isto a uma questão de marketing é simples:


O social media marketing tem vantagens inequívocas no sentido de rentabilizar recursos humanos e tecnológicos, o que por sua vez irá sustentar uma cada vez maior dependência tecnológica.


 


Bruno Caseiro - http://caseiro.blogs.ua.sapo.pt





Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009
Mudança do objecto do projecto prático

 


Como foi indicado neste espaço a ideia inicial deste projecto/ dissertação era a construção de um documentário musical sobre música cabo-verdiana. Devido a dificuldades de comunicação com os fornecedores dos recursos audiovisuais em Cabo-Verde, esta orientação inicial foi agora abandonada.


Como alternativa o Professor Raposo indicou o trabalho da Professora Susana Sardo, que conta com largas horas de vídeo recolhidas na Índia para investigações ligadas à etnomusicologia e que poderão servir de base para a criação de um documentário.


 


Esta nova abordagem traz, quanto a mim, algumas vantagens que poderão contribuir para um desenvolvimento mais seguro e célere do projecto.


- A detentora do material vídeo é uma professora do mesmo departamento, o que para além de facilitar o acesso a estes conteúdos pode também facilitar o acesso a bibliografia, sobretudo na área da etnomusicologia.


- A riqueza da cultura indiana pode ser objecto de múltiplas abordagens o que é relevante na concepção de um trabalho em que o grafismo tem particular importância.


- A alteração de música cabo-verdiana para música indiana não deverá implicar alterações profundas no esquema do enquadramento teórico, uma vez que se mantêm as quatro grandes áreas conceptuais principais: documentário, documentário musical, etnomusicologia e motion graphics.


- Ainda assim, neste momento, este novo caminho da investigação carece ainda de alguma reflexão que permita confirmar inteiramente a sua exequibilidade e em conjunto com o Professor Raposo e a Professora Susana tentarei traçar de forma clara os procedimentos a efectuar nesta nova abordagem.




Sábado, 14 de Novembro de 2009
Actividade 5 - Relevância empresarial do projecto









À partida o tipo de estudo que estou a efectuar, um documentário musical, enquanto produto de cariz artístico não se enquadra numa dinâmica tipicamente comercial. Ainda assim, e tendo em conta o carácter investigativo do projecto, poderão surgir soluções aperfeiçoadas que aumentem o valor deste tipo de produto, que inovem até certo ponto a perspectiva do documentário musical e que em último caso venham a integrar oportunidades de negócio.


É também ainda necessário ter em conta que no meio audiovisual muitas vezes o modelo de negócio se baseia numa lógica de freelancing em que o autor tenta vender o seu projecto a uma empresa ou, por outro lado, uma empresa tenta comprar o seu projecto.


Ainda assim, vão surgindo a nível nacional algumas empresas que começam a apostar neste formato, produzindo e vendendo documentários musicais. Este formato ainda não é muito consumido a nível nacional, mas poderá vir a sê-lo a longo prazo. Como tal, a única possibilidade lucrativa deste projecto seria a sua venda a uma produtora audiovisual ou a um canal de televisão, por exemplo. No entanto, essa hipótese não faz parte dos objectivos deste trabalho.


 




Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009
Pesquisa bibliográfica Documentário Musical

Como referi num dos últimos posts há já algum tempo e tendo em conta a escassez de resultados na pesquisa feita online sobre o documentário musical optei por contactar directamente algumas entidades relevantes nesta área com o intuito de saber o nome de algumas obras. As instiuições contactadas encontram-se listadas no referido post anterior. Lamentavelmente, também aqui, os resultados não foram surpreendentes, uma vez que a maioria dos contactos nem sequer obtiveram resposta. Na Universidade de Salford contactei dois professores, um deles ainda me respondeu dizendo que ia encaminhar as minhas questões para um colega mais dentro do assunto, mas não recebi qualquer resposta até ao momento.


A única resposta assinalável veio por parte do BFI (British Film Institute) de onde prontamente me enviaram uma lista de cerca de 50 obras algo relacionadas com a temática proposta e das quais algumas poderão ser relevantes para o meu estudo. No entanto, e como uma ajuda tão pronta deixava adivinhar, a aquisição destas obras é paga e a preços não muito simpáticos. As referidas obras encontram-se na biblioteca da BFI na qual a pesquisa é paga e o envio das obras em formato digital inflacciona bastante os preços.


Como tal, nos próximos dias vou tentar perceber se existe alguma possibilidade razoável de aceder a estas obras e se poderão existir mais alguns caminhos por onde continuar a minha pesquisa neste tema específico.




Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009
Índice provisório

Boa Noite!

 

Conforme o combinado aqui está a minha proposta de índice, nesta altura, ainda um pouco incerta.

 

Versão Prezi

 

 

 

Versão textual detalhada em pdfIndice

 

 

Cumprimentos a todos!




Terça-feira, 27 de Outubro de 2009
Actividade Projecto - 23 Out

Quem serão os participantes no meu estudo? Como serão seleccionados?

 

No meu estudo não é justificável, pelo menos até ao momento, a participação directa de utilizadores para o levantamento de qualquer dado estatístico. Assim, a participação mais útil poderá vir de especialistas na área do documentário. A sua selecção será feita, em primeiro lugar, através da pesquisa online, tentando perceber quais os nomes mais relevantes e acessíveis no ramo. Nem todos os especialistas a ser entrevistados poderão estar facilmente disponíveis pelo que também terão de ser tidos em conta, critérios de proximidade e de facilidade de contacto, tipicamente especialistas portugueses serão mais fáceis de contactar.


Que dados necessito para o meu estudo?

 

Os dados a recolher deverão consistir em regras e técnicas importantes na pós-produção de documentários musicais que permitam constituir uma espécie de manual de cuidados a ter na criação deste tipo de produto.


Como vou recolher os dados para o meu estudo? Que instrumentos preciso de adaptar/ criar/ validar e aplicar?

 

Tendo em conta o carácter algo subjectivo dos referidos dados e os intervenientes que os deverão fornecer a entrevista será, sem dúvida, o instrumento mais adequado. De modo a permitir uma condução objectiva e organizada das entrevistas e uma homogeneidade entre as várias entrevistas estas deverão ser semi-estruturadas, tendo um guião orientador mas que não seja demasiado rígido, de modo a não influir negativamente na obtenção dos dados.




Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009
Teorias, modelos e autores relevantes para a minha investigação (Projecto - 16 Out)

Sendo que neste momento a pesquisa teórica ainda se encontra longe de estar completa, torna-se algo difícil apontar elementos teóricos fundamentais com muita exactidão. Em todo o caso poderei adiantar alguns exemplos que considero serem incontornáveis.

ETHNOMUSICOLOGY AND VISUAL COMMUNICATION (FELD, Steve) – Apesar desta obra ser já consideravelmente antiga (1976) enuncia os princípios fundamentais da ligação entre a etnomusicologia e a sua comunicação por meios visuais, algo que deverá ser feito no meu projecto.

MULHERES DO BATUQUE (RODRIGUES, Catarina) – Este documentário apresenta uma ligação interessante entre a etnomusicologia e o documentário, constituindo uma referência.

SOUNDS REAL: MUSIC AND DOCUMENTARY (CORNER, John) – Este artigo permite perceber e orientar a utilização da música no género documental.




Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009
Actividade Proj./ Diss. - 16 Outubro

Qual a metodologia que, neste momento, considero mais adequada para o meu projecto de investigação? Porquê?

Neste momento da investigação, a metodologia do trabalho prático a incluir no projecto aponta para um estudo de caso. Este parece ser o método mais adequado para estudar, analisar e sobretudo aplicar as considerações alcançadas no estudo teórico prévio sobre a aplicação de motion graphics no documentário musical.  Este estudo prévio consistirá num amplo levantamento bibliográfico de livros e artigos, de onde serão extraídas as bases teóricas fundamentais do projecto. A par deste levantamento bibliográfico será realizada a observação de várias obras documentais em formato vídeo, com o intuito de perceber a aplicação dos motion graphics no género documental e sobretudo no documentário musical.




Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009
Pesquisa bibliográfica sobre documentário musical

Na sequência de algumas semanas de pesquisa em várias plataformas online sobre a temática do documentário musical os resultados, em termos de obras a analisar, revelaram-se algo escassos, uma vez que parece não haver muita literatura exclusivamente dedicada a este subgénero documental, sendo possível no entanto encontrar algumas obras sobre o documentário e sobre a utilização de música no meio audiovisual, o que deverá permitir uma abordagem inicial ao tema desta primeira pesquisa. Neste sentido e com vista ao levantamento de mais obras relevantes para o estudo do documentário musical optei por alterar um pouco a minha estratégia não pesquisando directamente em plataformas online mas procurando encontrar peritos internacionais na área do documentário, do documentário musical e da etnomusicologia, que possam fornecer uma abordagem mais direccionada da bibliografia a abordar. Como tal, apresento aqui uma lista de algumas organizações ligadas ao documentário, algumas delas já contactadas e outras que procurarei contactar nos próximos dias.

 

Sanford University - esta universidade apresenta um interessante currículo no estudo do audiovisual, nela se encontra o Popular Music Research Centre, presidido pelo professor David Sanjek e que realiza estudos na área da música e do audiovisual. Estou neste momento a aguardar uma resposta da sua parte.

 

DFG docs - uma importante organização britânica dedicada ao apoio ao documentário e que actua como plataforma centralizadora de importantes figuras e aspirantes nesta área. Alguns dos tutores desta instituição possuem um amplo conhecimento do documentário musical.

 

British Film Institute - esta instituição tem um significativo arquivo de obras dedicadas ao documentário e a temáticas relacionadas.

 

DOCHOUSE - mais uma organização com vista ao apoio à criação de documentários criada por vários peritos na área.

 

London College of Communication - entre as suas graduações possui uma exclusivamente dedicada ao estudo do documentário, abordando as várias vertentes do género.

 

Apordoc - a Associação Portuguesa pelo Documentário é uma referência a nível nacional no apoio à criação e divulgação de documentários mas também na investigação e formação no género.

 

Existem muitas outras organizações dedicadas ao desenvolvimento e estudo do documentário a nível internacional, mas estas parecem para já ser as mais relevantes.




.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Desenho Metodológico

. Actividade Seminário (27 ...

. Mudança do objecto do pro...

. Actividade 5 - Relevância...

. Pesquisa bibliográfica Do...

. Índice provisório

. Actividade Projecto - 23 ...

. Teorias, modelos e autore...

. Actividade Proj./ Diss. -...

. Pesquisa bibliográfica so...

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds